LoL: Goku diz que “não tinha escolha” sobre ir para a Academia e revela planos para 2022


Em 2021 o mid laner Goku, uma das estrelas do Flamengo no League of Legends, foi transferido para o time juvenil da organização, decisão que surpreendeu toda a torcida. Na ocasião, o jogador citou o seu estado psicológico como um fator que “subestimou”, e que após procurar ajuda profissional decidiu dar uma pausa na carreira.

“Minha ideia inicial era dar um descanso na carreira para a próxima cisão, tendo em vista que ainda tenho contrato com o Flamengo até 2021. Mas, de acordo com a organização, vou dar um passo atrás para dar dois passos no o futuro. frente. Então, decidi que vou jogar pela Academia do Flamengo no primeiro split de 2021 ”, comentou o jogador no momento do anúncio da mudança.

Goku na Academia do Flamengo

flamingo goku
Goku durante CBLoL 2020 (Foto: Riot Games / Reprodução)

Durante o Combo Podcast, Goku revelou que não queria jogar na Academia do Flamengo, mas não tinha opção, pois ainda tinha contrato com a organização.

Na verdade, não foi minha escolha, eu não pedi para jogar na Academia. Claro, o jogador pode vir e pedir para jogar lá, mas a notícia me veio de última hora e não tenho nada para fazer, pois tenho um contrato, mas não foi minha escolha. Eu estava totalmente fora de sintonia com o que ia acontecer na equipe, e alguns dias antes de eles assinarem ou anunciarem o Tutsz, eles me disseram que eu estava indo para a Academia, e foi quando pensei ‘bem, não sei se eu quiser jogar para a Academia ‘, assim, a Academia não é pra mim e todo mundo sabe, tanto é que eu joguei agora e ganhamos, não era que era óbvio, mas era uma obrigação.

O jogador comentou que a organização lhe explicou os motivos da decisão (não citados no podcast), mas que basicamente o planejamento foi feito sem ele. “Eu meio que superei e fui pra academia, estou sobrando, meio que não estou no plano A”, pontuou.

Goku vai para a posição de suporte

Após o título na Academia do Flamengo, mais uma vez a comunidade se surpreendeu com outra mudança: Goku passará a atuar como torcida do time. Claro que a torcida não esperava a decisão, afinal o jogador havia conquistado o título da Academia CBLOL com direito a Pentakill na final. Na ocasião, o jogador citou um burnout, dizendo que talvez a mudança de posição o ajudasse nisso, mas durante o Combo Podcast falou mais profundamente sobre os motivos de sua decisão.

Primeiro, o suporte é uma posição muito ruim no Brasil. Em segundo lugar, a maioria dos apoios não é decisiva, às vezes o campeão é um craque, mas a maioria dos jogadores é muito passiva. Terceiro, posso olhar mais para o suporte de jogo do mapa, posso fazer o que quiser no mapa sem me preocupar com a agricultura, por exemplo. Quarto, eu realmente gosto de jogar como suporte, me divirto muito jogando em posição.

Planos do atleta para 2022

Goku sendo homenageado no museu do Flamengo
Goku foi homenageado no Museu do Flamengo, ao lado de atletas de outras modalidades esportivas. (Foto: Divulgação / Flamengo)

Quando questionado sobre seu futuro, Goku deixou claro que seu contrato termina em novembro e em 2022 ele vê duas opções: jogar pelo CBLOL novamente ou se mudar para outra região.

Não sou jogador da Academia e deixo isso bem claro para todos, não faz sentido para mim jogar lá, então é CBLOL ou outra região, não tem outra opção. Mas acredito que posso dar outro título ao Flamengo, mas depende totalmente das circunstâncias, se tiver oportunidade. Se não tiver, vou olhar para outros times do Brasil, e se não gostar (das propostas) vou olhar para fora, não tem outra opção. Minha vontade é jogar CBLOL pelo Flamengo!

Veja abaixo o vídeo da Goku falando sobre o seu futuro:

Você pode conferir a cobertura da CBLOL Academy 2021 aqui no Mais Esports. Veja também a nossa cobertura do CBLOL 2021, competição em que o Flamengo é o atual líder.



 36 visualizações totais,  4 visualizações hoje

Related Posts

Deixe uma resposta